Vestibulando

 

E é chegada a hora. Tantas manhãs sonolentas, cafés apressados, ônibus, carro, a pé. Não importa, seguimos em frente. Horários, recreio, intervalo? Colegas, amigos, amores. Professores, mestres, inspiração de vida. Risos, gargalhadas, lágrimas. Provas, trabalhos, cola.

Boletim ainda existe? Bimestre, trimestre, semestre. Férias de inverno, férias de verão. Amor de verão. E tudo recomeça. Não nos damos conta do tanto que amadurecemos e como vivemos intensamente cada minuto de nossas vidas até chegar a esse momento, em que damos o primeiro passo para a vida adulta, séria e responsável.

 

Depois da crise existencial, profissional e sentimental, depois das provas finais, ou não. Tem os que preferem dar um tempo para iniciar a vida acadêmica, nem todos andam num mesmo curso de vida. O fato é que o vestibular se tornou a porta de entrada para uma vida cheia de expectativas e sonhos. Não posso dizer o que existe do outro lado o arco­íris, nem que quisesse, pois, o caminho é diferente e único para cada pessoa. Mas posso desejar muita sorte e sucesso em suas escolhas.

 

É chegada a hora de alçar novos voos e não temam a tempestade, ela só fortalece nossas asas. Sigam em frente sem medo e deem a esse momento um significado para sua vida e história, como o primeiro dente, o primeiro dia de aula, o primeiro beijo. É preciso mais do que nunca criar signos, dar significado aos nossos dias, eis aí uma boa oportunidade para isso. Boa sorte vestibulandos, um novo mundo se abre para vocês.

 

Texto: Adriano França

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *